Ministro de Economia da França defende acordo Mercosul-União Europeia | Export News

Michel Sapin disse que há apoio dos dois blocos para conclusão do acordo em 2018

Em encontro com o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, o ministro de Economia e Finanças da França, Michel Sapin, deu mais uma demonstração de que as negociações em torno do acordo entre Mercosul e União Europeia têm apoio das duas partes para avançar este ano, com objetivo de ser concluído em 2018.

O ministro francês disse durante a reunião que as negociações em andamento têm sido recebidas de forma otimista e traduzem vontade política dos dois lados. “A França está determinada para que essa negociação avance bem e de forma rápida”, disse Sapin.

A avaliação é que, no momento em que diversos países elevam o tom protecionista em suas políticas comerciais, a formalização de um acordo entre os blocos se torna necessária. “Nos anima poder continuar discutindo esse tema de forma pragmática nesse momento”, declarou Marcos Pereira.

A última rodada negociadora entre os blocos ocorreu na semana passada, entre chefes-negociadores, em Buenos Aires. Durante a reunião, houve progresso na parte normativa do acordo, nos temas ligados a comércio, diálogo político e cooperação biregional. As equipes concluíram o capítulo sobre concorrência e acordaram a estrutura de um texto-base comum sobre propriedade intelectual.

“Há uma disposição hoje e vamos incentivar nossos técnicos para avançar ao máximo”, destacou o ministro brasileiro. As próximas agendas estão previstas para julho, em Bruxelas, e novembro, em Brasília. A expectativa é concluir o acordo em nível político até o fim deste ano, e anunciá-lo durante a reunião ministerial da OMC em dezembro.

Marcos Pereira informou também que levará o tema à primeira reunião de ministros de Comércio do Mercosul, que ocorrerá na primeira semana de abril, durante a edição do Fórum Econômico Mundial versão América Latina, em Buenos Aires.”Queremos fortalecer o multilateralismo, tanto que concluímos a janela única de comércio exterior, que é parte de nosso compromisso com a OMC”, destacou o ministro brasileiro, ao lembrar o lançamento do Novo Processo de Exportações na semana passada.

O Novo Processo de Exportações é uma das mudanças mais importantes implementadas pelo Portal Único de Comércio Exterior, principal iniciativa governamental de desburocratização e facilitação do comércio exterior brasileiro. O Portal coloca em prática o conceito de “single window” (guichê único), criando uma interface única entre governo e operadores de comércio. “Fortalecer o multilateralismo é uma obrigação nossa, sobretudo nesse momento protecionista que vivemos”, ponderou Marcos Pereira.

Inovação

Além do apoio para fechar o acordo entre Mercosul e UE, Brasil e França têm em comum, ainda, projetos na área de inovação. Este ano, sete startups brasileiras foram selecionadas para a edição do French Tech Ticket (10% das selecionadas), programa francês que promove a internacionalização de empresas inovadoras de diversos países na França. “Comprovamos a qualidade das empresas inovadoras brasileiras, que participaram da nossa seleção”, comentou Sapin.

Durante missão na França, em novembro passado, o MDIC e a Business France assinaram Acordo de Cooperação, que previa, dentre outras iniciativas, apoio recíproco à inserção das iniciativas de ambos os países nos ecossistemas brasileiro e francês. Nessa linha, o MDIC trabalha na conclusão do programa, que terá a França como destino prioritário. “Nossa ideia é colocar esse programa de pé ainda nesse semestre”, anunciou Marcos Pereira.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC

Fonte: Ministro de Economia da França defende acordo Mercosul-União Europeia | Export News

%d blogueiros gostam disto: