Balança comercial no Porto de Santos cresce 2,7% | Export News

O Porto de Santos comercializou, no 1º bimestre de 2017, o valor de US$ 14,3 bilhões, resultado 2,7% superior ao obtido no mesmo período do ano passado, quando a marca foi de US$ 13,9 bilhões. A participação do Porto de Santos na balança comercial brasileira continua acima de 1/4 do total, com a marca de 26,6% das trocas comerciais brasileiras, que somaram US$ 53,5 bilhões no período. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e foram compilados pela Gerência de Tarifas e estatísticas da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

No total de exportações pelo Porto de Santos, o registro é de US$ 7,8 bilhões, representando 25,8% do total nacional (US$ 30,4 bilhões). Em valores comerciais, a principal carga exportada pelo Porto de Santos neste período é o açúcar, com US$ 548,6 milhões, correspondente a 7% do total exportado pelo Porto. O principal comprador foi Bangladesh, seguido de Argélia e Marrocos. Outros 23 países também receberam o produto saído de Santos.

O 2º produto exportado com maior participação comercial no 1º bimestre é o café, com US$ 383,9 milhões. A Alemanha é o principal importador do produto, seguida de Estados Unidos e Itália, além de outros 56 países. No total das exportações, em dólares, os principais parceiros comerciais do Brasil nas cargas que saem pelo Porto de Santos são a China (participação de 13,4%), Estados Unidos (12,6%) e Argentina (7,9%). Completam os dez principais importadores pelo cais santista no primeiro bimestre de 2017: Holanda (3,6%), Alemanha (3,6%), Bélgica (3,2%), México (2,7%), Itália e Índia (ambas com 2,4%) e Irã (2,3%).

Nas importações, o resultado do Porto de Santos no 1º bimestre do ano é de US$ 6,4 bilhões, correspondente a 27,8% do total brasileiro de US$ 23,1 bilhões. As principais cargas desembarcadas em Santos foram: óleo diesel (US$ 69,95 milhões), importado principalmente dos Estados Unidos, Suíça e França; Em seguida, caixas de marchas (US$ 56,83 milhões), importadas do Japão, Indonésia, Coréia do Sul e outros 10 países. Peças de aviões e helicópteros (US$ 52,46 milhões), vindas de Portugal, Japão, Espanha e outros 11 países, ficaram em 3º posto como cargas mais valiosas.

As importações pelo Porto de Santos, em valores comerciais, têm como principais parceiros a China (participação de 23,7%), Estados Unidos (16%) e Alemanha (8,9%). Completam os dez países com maior participação nas importações que chegam pelo cais santista no primeiro bimestre de 2017: Coréia do Sul (4,7%), Japão (4,3%), Índia (3%), Itália (2,9%), México (2,7%), França (2,5%) e Argentina (2,4% de participação).

Além de Santos, completam os dez principais portos na balança comercial brasileira: Paranaguá (participação de 7,2%), Sepetiba (5,7%), Vitória (5,3%), São Luis (4,5%), Itajaí (3,8%), Rio Grande (3,7%), Salvador (3,5%), São Francisco do Sul (2,9%) e Rio de Janeiro (2,8%).

Fonte: Balança comercial no Porto de Santos cresce 2,7% | Export News

%d blogueiros gostam disto: