Portos do Paraná recebem novos funcionários concursados | APPA

https://i0.wp.com/enova.com.br/wp-content/uploads/2017/04/concursadosassumennoportodeparanagua_3.jpg?resize=690%2C473&ssl=1

Foto: Ivan Bueno / APPA

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) iniciou nesta semana o processo de integração dos 24 novos colaboradores aprovados em concurso público para analista portuário nas áreas de administração, direito, tecnologia da informação, biologia, contabilidade, economia, engenharia e comunicação.

Os novos funcionários estão recebendo informações sobre a história dos portos, perímetro do porto organizado, movimentação de cargas, órgãos fiscalizadores, organograma da Appa, operações portuárias, rotinas operacionais, situação jurídica da empresa, planos de cargos e salários, atribuições da área administrativa e financeira, núcleo de arrendamentos, medicina e segurança no trabalho e atribuições e avanços da diretoria de meio ambiente. O Programa de integração também inclui visitas guiadas ao cais do Porto de Paranaguá e Porto de Antonina.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, o concurso faz parte do processo de modernização da Appa. “A integração é a última fase deste processo de reformulação da estrutura administrativa da Appa. Estes novos colaboradores serão responsáveis por administrar os Portos do Paraná nas próximas décadas”, disse.

O último concurso público realizado na Appa foi em 2007, quando foram admitidos 62 funcionários de nível médio. No entanto, o último concurso público de nível superior realizado pela Appa foi em 1988, quando duas vagas para técnico em comunicação social foram abertas.

Entre os aprovados do atual concurso estão profissionais vindos das cidades de Campo Grande, Curitiba, São Paulo, Guarapuava, São Mateus do Sul, Ivaiporã, Rio de Janeiro, Maringá, Moreira Sales, Jaraguá do Sul, Mantena, Guimarania , Votorantim, Irati e Sombrio.

Mudança – Em 2014, a Lei Estadual 17.895/2013, regulamentada pelo Decreto Estadual nº 11.564/2014, transformou a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina de autarquia para empresa pública e esta mudança jurídica previa uma modernização no seu quadro funcional, com um novo Plano de Cargos e Salários. Neste processo, também foram criadas novas especialidades nas áreas Jurídica, de Operações e de Meio Ambiente, surgindo a necessidade de preparar um novo organograma para prover a empresa de profissionais especialistas nestas funções.

Segundo o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino, a contratação de novos profissionais é uma necessidade para os portos do Paraná, que pretendem posicionar-se em relação as novas demandas mundiais.

“A atividade portuária mudou muito nas últimas décadas. O novo marco legal e a própria evolução do mercado tornam necessária a presença de um corpo de profissionais mais plural e completo na administração pública”, afirmou Dividino.

Segundo ele, os portos paranaenses são os únicos portos públicos do Brasil que estão promovendo contratações. “Os novos colaboradores são os gestores do futuro da Appa e estão contando com a experiência e o profissionalismo dos nossos funcionários nesta acolhida”, ressaltou Dividino.

Neste último concurso foram ofertadas 28 vagas para analistas portuários com formação superior, sendo que quatro aprovados desistiram das vagas. A abertura do edital de convocação para estas quatro vagas – nas áreas de administração, economia, engenheiro eletricista e analista de tecnologia da informação – será publicado no Diário Oficial nos próximos dias.

Fonte: APPA

%d blogueiros gostam disto: