Especialistas temem atrasos em projetos portuários | A Tribuna

Fonte: A Tribuna / Foto: Carlos Nogueira

Há nove dias,o setor portuário vivia um momento de otimismo, com a publicação do Decreto dos Portos (nº 9.048), modernizando o marco regulatório e impulsionando novos investimentos. Agora, diante das incertezas causadas pelos recentes escândalos de corrupção na política brasileira, a cautela deve imperar entre os investidores, atrasando os projetos que eram planejados.

A análise é de especialistas do segmento. No último dia 10, com a publicação do decreto, empresários portuários manifestaram otimismo com o mercado. Segundo eles, as mudanças implantadas trouxeram maior segurança e previsibilidade ao setor. Desde a noite de quarta-feira, com a divulgação de conversas do presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o panorama político é outro. E não é dos melhores. “Todo mundo está apreensivo. A sociedade, os investidores, todo mundo fica apreensivo quando tem um terremoto dessa magnitude na área política, como está acontecendo. Os atores políticos e os investidores precisam separar o máximo possível essa crise da retomada do crescimento”, destacou o consultor portuário Fabrízio Pierdomênico. Para ele, o fundamental,neste momento, é que, independente do Governo, os ganhos do novo marco regulatório sejam perpetuados.

Na sua visão, isso ajudará o País a manter sua curva ascendente de crescimento.“Eu espero que o decreto e o otimismo permaneçam, independente de toda a crise política. É claro que a economia é sempre afetada com qualquer abalo institucional. Isso é uma regra e acontece sempre que há uma crise política. E a atividade portuária tem uma relação umbilical com a atividade econômica”,destacou.

A matéria completa no site do A Tribuna em Especialistas temem atrasos em projetos portuários – A Tribuna

%d blogueiros gostam disto: