Evento recebe contribuições para o Fórum Mundial da Água | Portal Brasil

https://i1.wp.com/enova.com.br/wp-content/uploads/2017/04/2fc9fccb-c1eb-441e-affa-4f409403cd2f-1.jpeg?w=690&ssl=1

Mais de 800 pessoas, de diversas partes do mundo, participam até esta quinta-feira (27), do último encontro preparatório para o 8º Fórum Mundial da Água, evento que será realizado em março de 2018.

O 2º Encontro das Partes Interessadas ocorre em Brasília desde terça-feira (25) com o objetivo de promover debates sobre os temas centrais e transversais a serem tratados no fórum, com o intuito de definir o conteúdo preliminar do evento.

Durante a abertura do evento, o secretário executivo do Ministério do Meio Ambiente, Marcelo Cruz, informou que o ministério, junto a todos os parceiros, tem se empenhado para “realizar o maior encontro sobre água de todos os tempos”. De acordo com ele, o fórum será uma grande oportunidade para a discussão democrática e a troca de experiência entre os diversos países e entidades.

Soluções

Marcelo Cruz destacou que, embora o Brasil seja o maior produtor de água, concentrando 12% de toda água doce do planeta, também tem problemas. “A mudança do clima, o desmatamento e as dificuldades de gestão têm tornado a crise hídrica um mal crônico em boa parte do País”, informou. Diante desse cenário, Marcelo Cruz reforçou que o MMA tem trabalhado em todas as frentes: prevenção, mitigação e adaptação para reverter o quadro.

Entre as ações e políticas públicas destacadas pelo secretário estão o Programa Água Doce, que tem como objetivo o estabelecimento de uma política permanente de acesso a água de boa qualidade para o consumo humano; e o Sistema do Cadastro Ambiental Rural (Sicar), ferramenta gerida pelo MMA, por meio do Serviço Florestal Brasileiro, que permite um mapeamento de áreas de preservação permanente e nascentes em todas as propriedades rurais do País.

Fórum Mundial da Água

O Fórum Mundial da Água acontece a cada três anos e tem como objetivo aumentar a importância da água na agenda política, além de promover o aprofundamento das discussões, troca de experiências e formulação de propostas concretas para os desafios relacionados aos recursos hídricos.

A organização do 8º Fórum, que acontecerá em março do ano que vem em Brasília, é realizada pelo governo federal, por meio do Ministério do Meio Ambiente, pelo governo do Distrito Federal e pelo Conselho Mundial da Água.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente
Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

%d blogueiros gostam disto: