Cinturão das Águas do Ceará tem reforço de R$ 60 milhões | Portal Brasil

por Portal Brasil  / Arquivo/Agência Brasil 

Ministério da Integração Nacional anuncia repasse para auxiliar na mitigação dos efeitos da estiagem no estado. Cinturão receberá águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do São FranciscoMais de R$ 60 milhões serão aplicados na obra do Cinturão das Águas do Ceará (CAC). Os recursos serão encaminhados o governo do Ceará pelo Ministério da Integração Nacional.

07/06/2017 10h24  – O anúncio foi feito nesta terça-feira (6) pelo ministro Helder Barbalho e a medida, publicada no Diário Oficial da União (DOU). Novas liberações serão feitas, gradativamente, em função da análise da execução das obras.

Na semana passada, já foram pagos R$ 11,8 milhões para a obra que, quando concluída, abastecerá mais de um milhão de pessoas. O Cinturão vai receber a água do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

No último ano – entre maio de 2016 e abril de 2017 – o empreendimento obteve mais de R$ 244 milhões da União, valor 70% superior ao mesmo período do ano anterior – entre maio de 2015 e abril de 2016.

Além do apoio àquela que é considerada a principal obra hídrica estruturante do Ceará, o Ministério da Integração Nacional está auxiliando o governo do estado com outras ações e projetos para melhorar a qualidade de vida da população, que tem enfrentado período de estiagem prolongado.

Estações elevatórias

A pasta também auxiliou o estado com recursos que vão aumentar o abastecimento de água na região metropolitana de Fortaleza, ao restabelecer a capacidade de bombeamento das estações elevatórias do Castanhão, Banabuiú e Itaiçaba.

Além disso, foram destinados recursos federais para 27 obras hídricas estruturantes. Mais de cem cidades são contempladas. A população já é atendida pelos Trechos IV e V do Eixão das Águas, que atendem mais de 4,2 milhões de habitantes.

Também foram disponibilizados recursos para a implementação de adutoras de engate rápido para o abastecimento de água nos municípios de Iracema, Mineiro, Tamboril, Apuiarés, São Luis do Curú, Ocara, Triângulo, Aruaru e Pereiro. As obras são executadas sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Carro-Pipa

Somente no Ceará, a Operação Carro-Pipa investiu R$ 73 milhões para atender diariamente 682,1 mil pessoas em 94 municípios, de janeiro a março de 2017.

Fonte: Cinturão das Águas do Ceará tem reforço de R$ 60 milhões — Portal Brasil

%d blogueiros gostam disto: